Documento sem título
 
 
 
 
 
 
 
 
 
       
Conheça os ativos em destaque, lançamentos e informações.




Silimarina
Tratamento das doenças hepáticas crônicas inflamatórias

A silimarina, também conhecida como cardo mariano ou cardo leitoso, deriva da planta Silybum marianum. É uma mistura de flavoligninas anti-hepatotóxicas: a silidianina, a silcristina e a silibina (componente em maior quantidade).
Atua como estabilizador das membranas dos hepatócitos, resguardando sua integridade e, assim, a função fisiológica do fígado e protege a célula hepática da influência nociva de substâncias tóxicas endógenas e/ou exógenas.
Age como coadjuvante no tratamento das doenças hepáticas crônicas inflamatórias, cirrose hepática e lesões hepatotóxicas, promovendo rápida melhora dos sintomas clínicos, como, astenia, anorexia, distúrbios digestivos, etc. Além disso, a silimarina demonstrou acelerar a regeneração do parênquima hepático, aparentemente aumentando a síntese de RNA no fígado.

Mecanismo de ação: possui ação antioxidante e inibe tanto a peroxidação lipídica, quanto a oxidação da glutationa. Dados de estudos experimentais indicam que as propriedades hepatoprotetoras da silimarina se devem ao efeito antioxidante de redução dos radicais livres.

Indicações: tratamento de doenças hepáticas, incluindo reações hepatotóxicas. Pode ser associada ao Same.

Doses: Cães e gatos devem utilizar 5-15mg/Kg por via oral 1 vez ao dia.
 
Documento sem título
 
 
 
 
 
 
   
 
   
Copyright © 2013 Todos os direitos reservados | Produzido por FrameSet