Documento sem título
 
 
 
 
 
 
 
 
 
       
Conheça os ativos em destaque, lançamentos e informações.




Ciclosporina A
Propriedades anti-inflamatórias

A Ciclosporina possui propriedades anti-inflamatórias, inibindo a ativação de vários tipos celulares envolvidos na inflamação da alergia cutânea. Atua contra a degranulação dos mastócitos, age diretamente na inibição da histamina e bloqueia a proliferação de linfócitos T ativados através da inibição da IL-2, ativação genética e transcrição do RNA mensageiro. Além disso, ela bloqueia receptores de superfície de células T. É necessário um tratamento mínimo de 30 dias até se observar resposta clínica.

Indicações

- Cães: dermatite atópica, adenite sebácea, doença intestinal inflamatória e fístula perianal.
- Gatos: dermatite atópica, doença intestinal inflamatória, estomatite e asma felina.

Doses:

- Cães: 3-7mg/Kg/dia, por via oral. Geralmente a dose inicial é de 5mg/Kg/dia. Após o período de indução, alguns casos de dermatite atópica são controlados por doses de 5mg/Kg em dias alternados ou a cada 2 dias.
No tratamento de fístulas perianais são utilizadas doses maiores, administradas em períodos menores (a cada 12 horas).
Administrar a ciclosporina 2 horas antes ou após a alimentação.
Uso tópico: 0,2%

- Gatos: 3-5mg/Kg/dia, por via oral. Doses maiores, de 5 a 10mg/Kg, podem ser administradas em dias alternados.
Administrar a ciclosporina 2 horas antes ou após a alimentação.
Uso tópico: 0,2%

Observações: Para uso oral a ciclosporina deve ser manipulada em microemulsão oral, devido à sua melhor absorção. Não deve ser manipulada em pasta, biscoito ou cápsulas. Para uso tópico recomenda-se a manipulação em emulsão ou pomadas.

Efeitos adversos:

Nefrotoxicidade, hipertensão, hepatotoxicidade, hiperplasia gengival, periodontite, papilomatose cutânea, vômito, diarreia, bacteriúria, infecção cutânea bacteriana, anorexia, supressão da medula óssea e dermatose linfoplasmocitóide. Além disso, ela pode predispor ao desenvolvimento do linfoma.

Contra-indicação:

Não utilizar em fêmeas gestantes ou em lactação.

Interações medicamentosas:

Cetoconazol, itraconazol, eritromicina, verapamil e diltiazem aumentam os níveis séricos de ciclosporina.
Anticonvulsivantes, rinfamicina, cimetidina, isoniazida, sulfa com trimetropim, terbinafina, omeprazol e metilprednisolona aumentam a metabolização da ciclosporina, resultando em níveis subterapêuticos.
 
Documento sem título
 
 
 
 
 
 
   
 
   
Copyright © 2013 Todos os direitos reservados | Produzido por FrameSet